Reconhecendo crenças limitantes em 3 passos.


Nascemos como pequenas telas brancas prontas para receber todo tipo de informações e conhecimentos. Abrimos os olhos e imediatamente começamos a processar imagens em nosso cérebro e fazer ligações, novas conexões. São milhares de informações e impulsos elétricos por milésimos de segundo circulando em nossa mente.

O cérebro é programado para ser econômico, ser eficiente gastando o mínimo possível de nossa energia e ainda assim ele gasta em média 20% de nossa energia em suas funções diárias.

 É uma ótima condição, mas nesse processo ao longo da vida “aprendemos” ou nos “apegamos” a sentimentos, conhecimentos, reações que no fim das contas no limitam negativamente de alguma forma, são as crenças adquiridas ao longo da vida.

Muitas delas são úteis, como quando tropeçamos em uma pedra e caímos, nosso cérebro usa esse acontecimento para processar e generalizar trazendo um aprendizado. Acabamos de aprender que “TODAS AS VEZES QUE HOUVER UMA PEDRA NO CAMINHO VAMOS CAIR E NOS MACHUCAR”, então passamos a desviar de todas as pedras no caminho – agimos segundo as crenças aprendidas! 

Porém, esse mecanismo pode trazer prejuízos para nossas vidas sem nem tomarmos consciência de disso, a parte ruim disso.

Um relacionamento que não deu certo por ter havido uma traição por exemplo, é o tipo de acontecimento que nosso cérebro pode aprender e nos limitar fazendo com que nunca mais consigamos nos sentir seguros ou nos entregar a um relacionamento pois aprendemos que “em todos os relacionamentos existe traição”. Ou quando temos um trabalho insatisfatório, aprendemos que trabalhar é ruim e sofrido.

Mas enquanto essa função cerebral serve para aumentar nosso estoque de informações e aprendizados para que de forma econômica, não precisemos aprender a andar todos os dias, esses aprendizados são generalizações e que nem sempre são úteis.

95% de nossas decisões são tomadas por nossa mente inconsciente que está sempre em piloto automático, ou seja, temos apenas 5% de participação direta em nossas escolhas conscientes e é aí que mora o perigo.

Por exemplo:

Quando você é convidado para participar de um novo setor na empresa sente que gela a espinha e pensa: Toda vez que eu me meto a fazer algo diferente eu me dou mal.

 ISSO É UMA CRENÇA – uma verdade que só pertence a você.  Então é provável que você se negue a mudar ou pior, se for obrigado será um sofrimento imenso.

Outro exemplo:

“Faculdade é perda de tempo, não garante emprego para ninguém, tem que ralar para ter as coisas”

ISSO É UMA CRENÇA – outra verdade só sua.  Com certeza você não vai ver nenhum valor em fazer uma faculdade ou cursos e vai buscar “sofrer” cada vez mais trabalhando como doido para garantir que terá as coisas.

Pense por um momento.

Quais sãos os pensamentos ou falas que você repete muito? – Tente focar em uma dificuldade que você está tendo agora.

Qualquer coisa negativa que vier pode ser uma crença limitante, principalmente se está gerando comportamentos que sabotam suas realizações, sua evolução e a busca por seus objetivos.

Então vou te deixar um desafio.

  1. Tire alguns minutos para pensar em alguma situação incômoda na sua vida agora, e anote num papel:

  • O que eu sinto quando penso nisso?

  • Quando essa situação está acontecendo, qual a minha primeira reação?

  • O que eu falo para as pessoas sobre essa situação?

  1. Depois de anotar, leia com atenção e tente identificar qual a “verdade” que está por trás disso? Aquela conclusão que você escolheu acreditar sobre aquela situação.

  2. Reformule essa verdade em uma frase afirmativa, por exemplo: Eu não gosto de mexer com números. – Pronto, essa é a crença que pode estar provocando os comportamentos que estão prejudicando você para sair dessa situação incômoda.

Pode ser que isso não resolva a questão, eliminar ou transforma uma crença limitante é um processo que vai exigir um pouco mais de energia, mas ao menos agora você está consciente dela e esse é um grande passo, agora você sabe qual solução deve buscar. Saber onde precisa chegar é o primeiro passo para chegar.

#crençaslimitantes #comportamento #sucesso #problemas #insatisfação

16 visualizações
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram

© 2015 by Nanda Ricci.